Categorias
Carreira Planejador Financeiro Uncategorized

Estudo de Caso – Eduardo Zilli

Fizemos um estudo de caso com Eduardo Zilli, um excelente Planejador Financeiro que tivemos a honra de formar aqui na Academia GFAI. Veja abaixo um pouco da sua trajetória.

A trajetória de Eduardo Zilli, que saiu do mundo das Multinacionais e se tornou Planejador Financeiro.

Posts Recentes

Como a Academia GFAI pode ajudar em sua carreira de Planejador Financeiro?

Somos o centro de excelência em aprendizado e networking para Planejadores Financeiros Independentes.

Nós acreditamos que a carreira bem sucedida do Planejador Financeiro é pautada em 3 pilares: Técnico, Comportamental e Empreendedor. Com base nestes pilares, criamos a Academia de Planejamento Financeiro, que tem como objetivo transformar o propósito profissional em uma carreira rentável e sustentável.

Fizemos um estudo de caso com Eduardo Zilli, um excelente Planejador Financeiro que tivemos a honra de formar aqui na Academia GFAI.

Nome completo: Eduardo Zilli

 

Idade: 33 anos

 

Cursos de Formação: Administração de Empresas ESPM e Academia GFAI.

 

O que te motivou a se tornar um Planejador Financeiro?

Propósito, Significado e Impacto.

 

Como era sua atuação antes da Academia de Planejamento Financeiro (APF) GFAI?

Trabalhei em multinacionais, ao longo de 10 anos de carreira. Depois disso, trabalhei 2 anos em start-up no mercado de alimentos. Após esse período, trabalhei mais 3 anos no mercado de proteção financeira familiar. Nessa última vivência, tive a possibilidade de atender mais de 200 famílias diretamente. Entretanto, ao longo dessa trajetória, entendi a necessidade de estar mais próximo e com mais possibilidades de solução e atuação, junto a todos os clientes. 

 

Como você conheceu a APF?

Através da indicação de amigos no mercado.

 

Quais dificuldades você encontrou para seguir na carreira de Planejador Financeiro antes de fazer a formação da APF?

 

Gosto de pontuar o seguintes elementos-chave: Back Office para dar todo o suporte no dia a dia; metodologia bem definida e consistente para o mercado brasileiro; ambiente colaborativo; e modelo de negócio ganha-ganha, trazendo um ecossistema mais forte e rápido, para o crescimento sustentável da carreira. 



Por que você decidiu fazer a formação da APF?

 

Busquei aprender sobre algo que já acreditava. Entendo que as peças do quebra-cabeça acabaram se encaixando, como a prática do dia a dia, a importância do pilar comportamental e o ambiente adequado para modular e prototipar modelos de negócio dentro desse mercado. Além disso, tornou-se possível estar conectado com profissionais com ótima experiência no mercado financeiro e comportamental, através de um ambiente de muito compartilhamento de ideias e vivências.

 

A metodologia de ensino da APF foi satisfatória para você?

 

O curso é prático e coloca variáveis concretas do dia a dia do planejador financeiro, para serem apresentadas e construídas entre os mentores e alunos.

 

Os professores, como eles te auxiliaram nessa jornada?

 

São profissionais com propósito, visão compartilhada e experiência de mercado, que buscam facilitar o entendimento teórico e prático da jornada do planejador financeiro.



Quais os pontos fortes que você destacaria na Formação da APF?

 

O contato com a importância da esfera comportamental, o networking com entre os alunos, professores e mercado, além do ambiente dedicado para modelar soluções são os pontos fortes da formação.



Como está sua carreira de Planejador Financeiro hoje?

 

Aprendendo muito todos os dias com belíssimas histórias de vida, que, através da confiança e construção compartilhada, tenho a possibilidade de contribuir efetivamente com caminhos e soluções para todos os clientes, além de gerar impacto e consciência financeira para todos.



Você acredita que alcançou o objetivo traçado com a formação? Valeu a pena o investimento de tempo e dinheiro? 

 

A formação foi um marco da transição, trazendo os caminhos do repertório que estava buscando. Entendendo o curso como investimento, vale muito a pena o tempo e dinheiro direcionado para a formação, pois coloca você de frente para novas possibilidades profissionais atreladas à propósito, considerando a potência da carreira de planejador financeiro no Brasil.

 

Que mensagem você deixaria para aqueles que pensam em seguir pelo mesmo caminho que você?

 

Quem busca levantar da cama todos os dias com propósito e significado profissional, gerando impacto para a vida de muitos brasileiros, deve fortemente considerar mergulhar em um campo de muita construção, aprendizado e satisfação, dentro da carreira de Planejador Financeiro Pessoal.

Janser Rojo, CFP®
Janser Rojo, CFP®

Atua como Planejador Financeiro Independente desde 2012. Fundador do portal de conteúdo QI Financeiro e sócio da GFAI. Atuação por mais de 6 anos em Tesouraria de banco internacional e MBA em Derivativos pela BM&FBovespa. Co-fundador da Academia GFAI

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *