A robotização e o futuro do trabalho no mercado financeiro

Posts Recentes

Como a Academia GFAI pode ajudar em sua carreira de Planejador Financeiro?

Somos o centro de excelência em aprendizado e networking para Planejadores Financeiros Independentes.

Nós acreditamos que a carreira bem sucedida do Planejador Financeiro é pautada em 3 pilares: Técnico, Comportamental e Empreendedor. Com base nestes pilares, criamos a Academia de Planejamento Financeiro, que tem como objetivo transformar o propósito profissional em uma carreira rentável e sustentável.

A presença cada vez mais forte da tecnologia em nossas vidas mudou a maneira como nossas necessidades são atendidas nos mais diversos setores, como transporte, música, filmes, alimentação e muitos outros. No mercado financeiro, não é diferente.

A relação do consumidor com a tecnologia mudará drasticamente a forma como os produtos financeiros serão vendidos

A automação de tarefas é inevitável para o mercado financeiro. Isso ocorre porque, no atual cenário, produtividade aliada à redução de custos e satisfação do cliente são essenciais para as empresas se manterem no mercado.

A padronização de processos, diminuição de gargalos internos das instituições, agilidade no atendimento e redução de erros por falhas humanas são outras vantagens de se investir em tecnologia.

Fintechs e a revolução do mercado financeiro

Fintech é o termo utilizado para empresas que utilizam de inovação e tecnologia no setor financeiro. Aplicativos de bancos utilizados para realizar investimentos são exemplos da aplicação da tecnologia que tornam o acesso a serviços financeiros e bancários mais acessíveis à população.

O termo engloba tanto startups quanto companhias financeiras já estabelecidas no mercado, que procuram substituir ou melhorar seus serviços com a aplicação de tecnologias.

Dados de 2014, mostram que o investimento global em tecnologia no mercado financeiro superou os US$12 bilhões de dólares.

Fintechs brasileiras que talvez você já conheça:

Nubank
Viva Real
Guia Bolso
Neon
Conta Azul

Obs: As Insurtechs são um segmento das Fintechs voltadas especificamente para o mercado de seguros e surgiram com o propósito de revolucionar este setor, utilizando novas tecnologias que estão mudando a forma como os consumidores contratam planos de seguro (de vida, imóvel, viagem, automóvel, etc).

A evolução da prestação de Serviços

O setor de serviços trava uma batalha diária com os desafios do mercado. As empresas do setor cada vez mais buscam flexibilidade e customização no atendimento dos seus clientes. 

Separamos alguns benefícios na robotização de processos:

  • Economiza tempo
  • Melhora a produção
  • Consegue rastrear os processos
  • Padroniza a produção
  • Reduz custos
  • Indicadores de performance do negócio

A robotização nesse caso, permite que as empresas possam ter mais conhecimento sobre o seu negócio e, com isso, criar um planejamento mais abrangente e que torne a prestação de serviços mais competitiva e eficiente.

E o mercado de Planejamento Financeiro, como fica?

Existe uma grande discussão sobre o surgimento dos “robo advisors”. São plataformas automatizadas de Planejamento Financeiro e Gerenciamento de Riquezas.

Robotizar o mercado de Planejamento Financeiro é um caminho natural, que  absolutamente está presente em nossas vidas já há algumas décadas.

À medida que a tecnologia vai se aperfeiçoando, naturalmente os profissionais de negócios e tecnologia começaram a procurar formas de automatizar totalmente certas funções da relação de serviço do cliente-planejador financeiro.

Porém, existem diversos fatores para que um Planejamento Financeiro seja eficaz. Alguns deles impossíveis de serem captadas por robôs, como fatores emocionais e de objetivos de vida. Assim, quando um cliente com uma carteira complexa fica irritado por crises de mercado, seu planejador financeiro o ajuda a manter o rumo e a tomar a melhor decisão, não aquelas impulsionadas pela emoção.

Conclusão

A robotização é o futuro, de outro lado o trabalho mais consultivo e holístico de um planejador financeiro ganha mais espaço, afinal, criar estratégias para os objetivos de vida de cada cliente, entendendo suas prioridades e tendências pessoais é uma competência que demanda muito da sensibilidade humana, tão necessária para criar planos que sejam executáveis a longo prazo.

Janser Rojo, CFP®
Janser Rojo, CFP®

Atua como Planejador Financeiro Independente desde 2012. Fundador do portal de conteúdo QI Financeiro e sócio da GFAI. Atuação por mais de 6 anos em Tesouraria de banco internacional e MBA em Derivativos pela BM&FBovespa. Co-fundador da Academia GFAI